conectar CONECTE-SE A SIMONSEN »
Fechar [X]

Secretaria On-line: Representa sua vida acadêmica na Faculdade. Através dele você poderá visualizar suas notas, Histórico escolar, Horário das Aulas, Protocolo On-line entre outras mais ações apenas pela internet.

Webmail: Representa seu e-mail simonsen. Através dele você poderá visualizar e responder seus e-mails como desejar. Fique atento, pois a instutuição estará se comunicando com você através do seu e-mail Simonsen

Secretaria On-line

Matrícula: Ex: 200650211

Senha:

Email Simonsen

E-mail:Ex: simonsen@simonsen.br

Senha:

Fechar

logo_simonsen

TEOLOGIA

ESTÁGIOS E EMPREGOS

ciae
currículo online

COORDENADORA DO CURSO

Zelia

FALE COM A SUA COORDENADORA

CONECTE-SE A SIMONSEN

twitter facebook

perfil PERFIL PROFISSIONAL »

O perfil do Bacharel em Teologia, na perspectiva das Faculdades Integradas Simonsen (FIS), deverá incluir um conjunto de competências, saberes e habilidades com capacidade crítica para analisar os fatos ligados ao contexto da fé e das experiências religiosas, numa base consistente na sua profissão, amparado para o autodesenvolvimento contínuo, não sendo somente um mero reprodutor de conhecimentos já estabelecidos. Em suma, um profissional crítico, com formação pedagógica, mas também ética e humanística.

Assim, no que concerne às competências gerais, o profissional pretendido é aquele capaz de: preocupar-se com o fomento da reflexão teológica tanto no ambiente acadêmico como fora dele, nas comunidades eclesiais e sociais; exercer a função de líderes eclesiásticos que, numa ação de reflexão continuada, possam tanto atuar como liderança religiosa, como pensadores da prática eclesial

  • oportunidade de investigar a realidade, com habilidades críticas e criativas visando a construção de uma forma pessoal de conhecer, compreender problemas e descobrir novas soluções;
  • atuar em equipes multiprofissionais e/ou interdisciplinares;
  • ter contato com o campo de atuação profissional;
  • criar condições para o aluno iniciar sua carreira profissional de forma orientada.

O Estágio Curricular Supervisionado será desenvolvido a partir da segunda metade do curso em conformidade com a Resolução CNE/CP 1, de 18 de fevereiro de 2002 e sua carga horária terá 400h, respeitando a Resolução CNE/CP 2, de 19 de fevereiro de 2002.

O estágio será dividido em 3 momentos, com a elaboração de 3 relatórios com a seguinte distribuição de carga:

  • Relatório I: equivalente a 150 horas no 4º período;
  • Relatório II: equivalente a 150 horas no 5º período;
  • Relatório III: equivalente a 100 horas no 6º período.

Cada um dos relatórios do estágio curricular supervisionado terá os seguintes itens básicos:

  • Relatório I: Histórico e campo de atuação da instituição; caracterização do local de estágio; descrição geral do plano inicial do trabalho de estágio; descrição dos trabalhos efetivamente realizados (o estagiário na instituição); descrição dos processos técnicos observados e aprendidos; descrição da base teórica utilizada; análise da situação pesquisada (teoria x prática); outros aspectos relevantes.
  • Relatório II: Descrição dos trabalhos efetivamente realizados (o estagiário na organização); descrição dos processos técnicos observados e apreendidos; descrição da base teórica utilizada; análise da situação pesquisada (teoria x prática) outros aspectos relevantes.
  • Relatório III: Descrição dos trabalhos efetivamente realizados (o estagiário na organização); descrição dos processos técnicos observados e apreendidos; descrição da base teórica utilizada; análise da situação pesquisada (teoria x prática); exposição dos resultados do estágio e outros aspectos relevantes.

As instituições que firmarem convênios ou parcerias deverão pormenorizar nos respectivos contratos condições de acesso aos alunos, como também a forma de utilização do aprendizado. Com isto, elas demonstrarão que os alunos participaram, efetivamente, no seu desenvolvimento profissional e, também, no desenvolvimento econômico, organização e da região da IES, corroborando com o desenvolvimento social em geral.

A coordenação do Estágio Supervisionado ficará sob a responsabilidade do Professor/Orientador. Este deverá orientar e avaliar os estagiários e seguirá os seguintes critérios: elaborar formulários de avaliação do estagiário; permitir ao discente utilizar o princípio do “aprender a aprender” na prática profissional; agregar valores junto ao processo de avaliação institucional, a partir do desempenho do aluno no estágio; examinar e emitir pareceres nas programações do estagiário; encaminhar ao coordenador de curso, no final do semestre letivo, a avaliação dos relatórios de Estágio.

A supervisão do Estágio Curricular Supervisionado compete ao coordenador do curso, em conjunto com o docente que estiver como Professor/Orientador do estagiário. Ação Social é o setor responsável pela estrutura administrativa do Estágio remunerado ou não, visando buscar parcerias. É responsável, ainda, pela documentação legal do Estágio.

As regras e normas vigentes de Estágio Supervisionado estão explícitas no Manual de Estágio Curricular Supervisionado.

Valid XHTML 1.0 Transitional CSS válido!

Rua Ibitiúva, 151 - P.Miguel - Rio de Janeiro - RJ - Cep 21715 400 - Tel: 55(0xx21) 2406 6464